© 2014

Uma pitada de inspiração

 

Me interessam foliões anônimos, bêbados líricos, jogadores de futebol de várzea, clubes pequenos, putas velhas, caminhoneiros, retirantes, devotos, iaôs, ogãs, ajuremados, feirantes, motoristas, capoeiras, jongueiros, pretos velhos, violeiros, cordelistas, mestres de marujada, moças do Cordão Encarnado, meninos descalços, goleiros frangueiros e romances de subúrbio, embalados ao som de uma velha marcha-rancho, triste de marré-de-si, que ninguém mais canta.

 

É pela aproximação amorosa, pelo ato de acariciar com devoção sagrada - amor, eu diria - as pedrinhas miúdas, que me alumeio no mundo. Os olhos brasileiros são os únicos que tenho para mirar os dias. É com eles que eu busco conhecer e, mais do que isso, me reconhecer, na aldeia dos meus pais e do meu filho - terra das alegrias na fresta, das canções de gentilezas e dos fuzuês onde, amiúde, não se imaginaria, de tão escassa, a vida. 

 

Luiz Antonio Simas

 

Quem somos, como e por quê

 

Nós deixamos para trás empregos seguros e bem remunerados e partimos em busca de uma paixão: contar histórias. Iniciamos a carreira como jornalistas e fotógrafos, e descobrimos que narrativas são a nossa arma para lutar por um mundo melhor.

 

Aprendemos que cada ser humano carrega um universo inteiro dentro de si. Por isso valorizamos as diferenças, a diversidade, os novos olhares. E, diante do respeito e do apreço pelo desconhecido, encontramos o que nos aproxima do outro.

Nesse exercício, descobrimos grandes tesouros. Escutamos vozes de um Brasil profundo e de uma América Latina ao mesmo tempo tão próximos e tão distantes. Compartilhar essas vidas contadas é para nós uma forma de espalhar riquezas, gerar empatias.

 

Tel: 61-981519626
contato@puksarfilmes.com.br